Descubra a hora certa de investir no seu Data Center 2
 

Descubra a hora certa de investir no seu Data Center

Os números referentes ao data center no Brasil não param de crescer, comprovando que não importa se é físico ou na nuvem, o data center já é uma estratégia muito usada por empresas de todos os portes para centralizar redes, servidores, processamentos de informações etc.

Afinal, sabia que a expectativa era que até o final de 2020 o mercado trabalharia com 44 trilhões de gigabytes para armazenamento? Fora esse número surpreendente, olhe só mais alguns referentes ao uso dos data centers:

  • Retorno do investimento de mais de 300% em 5 anos nas empresas;
  • Redução média de 50% nos custos de operação;
  • Gastos com data centers em 2021 devem chegar aos US$ 200 bilhões;
  • Só em 2019, o mercado de nuvem cresceu 30% no Brasil;
  • Até 2023 a expectativa é que o Brasil tenha 400 milhões de dispositivos corporativos conectados.

O setor de data centers está crescendo cada vez mais, ainda agora que as empresas perceberam como ele pode ser uma vantagem competitiva.

Os números que mostramos comprovam que data center em empresas não tende a diminuir, muito pelo contrário, mas vamos reforçar para você por que muitas empresas começaram a dar uma real atenção para data center.

Por que as empresas estão investindo mais em data center?

Porque é uma forma de centralizar as informações, como o nome diz. Ou seja, os dados da empresa, além de conexão com a internet, e-mails, site interno, backups e tudo o mais, podem ser armazenados dentro de um data center.

Um data center ainda proporciona uma maior segurança aos dados, já que ele também possui um alto nível de segurança, desde que a equipe de TI sempre mantenha sua manutenção atualizada.

Para algumas empresas, especialmente as que mexem com informações financeiras, o uso de data centers vai além. Isso porque, com um servidor interno é possível restringir o acesso aos dados mais sigilosos, mantendo a sua confidencialidade e também segurança. Já imaginou os dados de um banco sendo roubados?

Fora isso, um data center ainda oferece certa mobilidade e também o compartilhamento de dados, o que permite que sua equipe tenha acesso aos arquivos sem precisar salvar em um computador e enviar o arquivo.

O backup de informações também é um dos benefícios de se ter um data center. Afinal, é a máxima de qualquer um que trabalhe com tecnologia: se você só tem um, não tem nenhum. Ou seja, nunca tenha somente a versão original dos seus dados, porque, caso aconteça algum imprevisto, você sempre terá o backup.

Como saber a hora certa de investir em um data center?

Se a sua empresa ainda não tem, a hora seria agora!

É claro que tudo depende do orçamento e também do momento da sua empresa. Por isso, é importante desenvolver um planejamento de curto, médio e longo prazo. Determine o que você precisa agora e suas previsões para o futuro, assim é possível determinar o tamanho  e o tipo do seu data center.

O planejamento é importante para evitar também que você desperdice o dinheiro da sua empresa. Afinal, por que comprar um servidor que serve para 4 usuários, por exemplo, quando a previsão é que você precisará de 7 no próximo ano? A adequação e transição para um data center deve ser feita de modo cuidadoso para evitar falhas e também para não jogar dinheiro fora.

Mas, para facilitar o seu dia, que tal um checklist para saber onde, quando e como investir no seu data center?

  • Dados

Qual a quantidade de dados que sua empresa lida hoje? E no futuro? Analise a previsão do volume de dados e carga de trabalho que esperam ter nos próximos anos. Assim, fica mais fácil escolher um servidor com a capacidade necessária ou ainda o quanto vão ter que aumentar o data center existente.

  • Performance e disponibilidade

Um data center deve ser atualizado ou instalado para garantir que as informações estejam sempre disponíveis para as equipes dentro da empresa. Além disso, a performance ainda deve ser capaz de atender às demandas da empresa, caso contrário é hora de mudar!

  • Usuários e mobilidade

O seu data center atual vai suportar a previsão de usuários para o futuro? Fora isso, se o seu servidor ainda não permite, como fica a questão de acesso remoto? Muitas empresas já se adaptaram devido ao isolamento social por causa da pandemia de COVID-19, mas é uma questão que sempre precisa ser vista para garantir que todos os usuários de hoje e de amanhã possam acessar onde quer que estejam.

  • Custos

Analise quanto vai custar para atualizar ou montar o seu data center. Também é bom pesquisar para escolher a melhor opção que se encaixa no orçamento da sua empresa.

  • Segurança

Como anda a segurança dos dados da sua empresa? Muita gente só presta atenção quando tem algum problema. Mas um data center pode promover um nível maior de segurança para as informações da sua empresa.

  • Tipo

Se a sua empresa ainda não possui nenhum data center ou deseja ampliar, é bom considerar o tipo de data center, se ele vai ser on-premise, ou seja físico e alocado na sua empresa, ou se ele será na nuvem, o que traz maior mobilidade para o seu uso. É claro que é sempre possível ter um data center híbrido, combinando on e off-premise.

Como estruturar o seu data center?

Antes de mais nada é preciso analisar o que sua empresa precisa em seu dia a dia e também a previsão de capacidade de processamento no futuro. Assim, é possível preparar uma infraestrutura com a capacidade de atender a futura demanda do seu negócio.

Além disso, também é preciso levar em consideração a implementação de novas tecnologias e tendências, como o edge computing e o uso de nuvem.

Por isso, caso sua equipe de TI não possua a experiência para determinar a infraestrutura do seu data center, é importante consultar uma empresa especialista. Dessa forma, será mais fácil já planejar um data center capaz de aguentar as demandas futuras e também que possa integrar novas tecnologias.

Acesse aqui e solicite um contato do nosso time para saber como a Lenovo pode ajudar na estruturação do seu data center.

 

Como escolher os melhores servidores