Hiperconvergência empresas 2
 

Desvendando a hiperconvergência para empresas

Hiperconvergência pode parecer um termo complexo, mas nós montamos este conteúdo para ajudar você a desvendar alguns dos segredos dessa novidade do mundo da tecnologia que está sendo adotada por muitas empresas em seus setores de TI.

Afinal, o que é uma infraestrutura hiperconvergente?

Do inglês Hyper-Converged Infrastructure (HCI), a hiperconvergência em TI pode ser definida como um software que cumpre a função de um data center comum. Ou seja, é uma camada de um ou mais softwares instalados em um servidor x86 capaz de cumprir os mesmos objetivos de armazenamento, processamento, conectividade e gerenciamento de uma infraestrutura tradicional, porém sem o alto custo e sem a complexidade de gerenciamento e otimização.

O investimento em uma infraestrutura hiperconvergente diminui a complexidade do seu data center, além de facilitar o seu dimensionamento conforme a necessidade de armazenamento e capacidade de processamento da sua empresa for aumentando. Enquanto na hiperconvergência, de uma maneira simplificada, você compra vários servidores x86 e os instala juntos, no modelo de solução de infraestrutura tradicional é preciso comprar vários equipamentos separados (servidores, storage e switches SAN) para compor a solução, além de investir muito tempo na configuração.

Mas, como isso é na prática?

Como funciona uma infraestrutura hiperconvergente?

Funciona em uma estrutura bem menos complexa e, porque não dizer, cara. Isso porque é possível compactar toda aquelas máquinas necessárias de uma solução tradicional de processamento e armazenamento de um data center em um equipamento composto por servidores interligados e com o software de hiperconvergência rodando.

Assim, é possível escalar um nó por vez sempre que for necessário para aumentar a capacidade do seu data center com uma estrutura em hiperconvergência. Depois, o software opera em cada nó e distribui suas funções operacionais dentro do cluster. Como resultado, o data center HCI apresenta um melhor desempenho e resiliência a um menor custo de investimento a longo prazo.

Mesmos com os custos de migração dos dados de uma infraestrutura tradicional para uma hiperconvergente, ela tem as suas vantagens. Continue lendo e descubra!

Quais são as vantagens da hiperconvergência para empresas?

O uso da arquitetura hiperconvergente apresenta um custo reduzido com uma operação e manutenção bem mais simples, sem contar que ela não precisa de equipamentos específicos no data center. Essas são as vantagens iniciais, mas vamos falar mais alguns benefícios do uso da hiperconvergência:

  • Ocupa menos espaço físico;
  • Flexibilidade para escalar a capacidade de armazenamento sempre que precisar;
  • Mais facilidade no gerenciamento, instalação e manutenção;
  • Maior eficiência no armazenamento de dados;
  • Proteção de dados com replicação nativa;
  • Rápida instalação.

Além desses benefícios, o uso da hiperconvergência em sua estrutura permite ainda que a sua empresa e sua equipe de TI tenham mais agilidade para se adequar a novas mudanças e também para aumentar a sua competitividade dentro do seu mercado de atuação.

Não à toa, a hiperconvergência está sendo uma opção viável para empresas de diferentes portes, não só porque é mais rentável e de fácil manutenção e gerenciamento, mas porque ainda permite que a economia no uso desta solução possa ser investida em projetos de inovação impactando positivamente o negócio da empresa.

Qual o impacto nas empresas?

Além dos benefícios que já citamos, como a redução de custos e facilidade de manutenção, o uso da hiperconvergência apresenta alguns impactos positivos na rotina das empresas, especialmente as que investem pesado em tecnologia de virtualização, mas encontram grande dificuldade devido ao seu alto custo.

Com a hiperconvergência, é possível concentrar mais recursos de tempo, dinheiro e humano em outros aspectos dentro da própria empresa, como os aspectos gerenciais, já que a preocupação com os equipamentos e manutenção será menor.

Quando e como implantar a infraestrutura hiperconvergente?

Existem alguns momentos ideais para implantar a hiperconvergência em seu negócio, como:

  • Modernização da infraestrutura;
  • Consolidação de servidores e data centers;
  • Novas cargas de trabalho.

É claro que qualquer momento pode ser propício para efetuar a mudança, mas nesses casos ela é especialmente indicada porque já haverá uma alteração no ambiente de TI. Assim, é possível evitar gastos desnecessários.

Além disso, antes de fazer a migração para uma estrutura hiperconvergente, é preciso que a sua empresa conte com uma consultoria com profissionais especializados, pelo menos no momento inicial para a transição e instalação do seu próprio HCI.

Aliás, a Lenovo oferece soluções em hiperconvergência empresarial. Se quiser saber mais sobre elas, como isso funciona e como podemos ajudar a sua empresa, clique aqui.

 

Tudo que sua empresa precisa saber sobre infraestrutura hiperconvergente