The internet of Things (IOT): The Future of Interconnectivity
 

A Internet das Coisas (IoT): O futuro da interconectividade

Embora o termo /"Internet das Coisas/" esteja em uso desde que Kevin Ashton, diretor executivo da Auto-ID Center, cunhou o termo em 1999, só recentemente ele se tornou parte da consciência nacional.

Nesse mesmo ano, Neil Gershenfeld da MIT Media Lab, escreveu em seu livro, When Things Start to Think, /"…parece que a rápida expansão da World Wide Web é o gatilho que está detonando a explosão real, uma vez que as coisas começam a usar a rede/".

Graças aos avanços recentes na tecnologia de sensores inteligentes, a IoT começou a melhorar a um ritmo muito mais acelerado. /"Em termos simples, um sensor inteligente é um dispositivo que coleta informações do ambiente físico e usa recursos de computação integrados para executar funções quando detecta informações específicas e, depois, processa dados antes de transmiti-los. Esses dados podem ser reunidos para que os sensores inteligentes possibilitem comunicação via Web/", explica TJ McCue, que escreve regularmente sobre a nuvem, gadgets, hardware e tecnologia 3D para a Forbes. /"Sensores inteligentes são recursos que permitem que as coisas conversem entre a Web e seus dispositivos e eles podem ser colocados ou instalados em praticamente tudo, de sapatos e roupas a refrigeradores ou carros/".

Grandes números e a crescente expansão

A IoT já transformou o modo como vivemos. Por exemplo, já estamos vendo a transformação de produtos em serviços (por exemplo, residências e maquinário industrial conectados, equipamentos etc.). Devido ao crescimento projetado, estamos à beira do que parece ser um tsunami da IoT. O McKinsey Global Institute prevê que a IoT pode ter um impacto econômico total de até US$ 11 trilhões até 2025. E o Gartner calcula que 25 bilhões de /"coisas/" estarão conectadas à Internet e em uso até 2020, de 4,9 bilhões em 2015. Apenas neste ano, 5,5 milhões de novas coisas serão conectadas todos os dias.

Esse crescimento, diz Shashi Jain, especialista em tecnologia de IoT, significa /"que a IoT precisará de muita infraestrutura nova para que trilhões de dispositivos possam conversar entre si e fazer isso enquanto protegem a privacidade e os dados. Precisaremos fazer sistemas muitíssimo simples para dispositivos básicos e sistemas para manter esses dispositivos, mesmo que os criadores originais não estejam por perto/". Isso também significa uma grande oportunidade com relação a operações comerciais e desenvolvimento de produtos, aliados à necessidades de maior segurança.

A IoT pode ter um impacto econômica total de até US$ 11 trilhões até 2025 – McKinsey Global Institute

Impacto da IoT

O crescimento da IoT está correlacionado ao crescimento direto da produtividade e expansão em potencial para quase todos os negócios, abrangendo tudo – de comprometimento aprimorado com o cliente e desenvolvimento de produto/serviço a uma variedade de melhorias no ambiente/escritório. Porém, ele também cria um aumento da necessidade de monitorar sua infraestrutura. Considere o seguinte ao preparar-se para explorar o poder da IoT em sua empresa.

AUMENTAR A PRODUTIVIDADE. A IoT vai mudar a forma como você opera, seja na sua instalação física ou na forma como você toma decisões – sua abrangência é muito grande. É sempre bom simplificar as operações e, com esse objetivo, /"isso significa que você terá acesso a dispositivos mais inteligentes para ajudá-lo a ser mais eficiente e mais assertivo/", declara Ramon Ray, editor da revista Smart Hustle. /"Por exemplo, sua rede pode optar automaticamente por mais largura de banda com base na utilização; você nunca ficará sem suprimentos de escritório, pois sensores saberão o que precisa ser solicitado; se o seu escritório ou as lojas de varejo estiverem com poucas pessoas, a iluminação poderá ser diminuída automaticamente; e muito mais. Observe suas operações e você poderá ver onde a IoT e a conectividade podem fazer quase tudo funcionar com mais inteligência/".

Também existem grandes benefícios no lado dos dados. /"A IoT fornece uma infraestrutura para conectar tudo, de um componente a uma cidade, o que significa que ela pode reduzir drasticamente os custos para sistemas em grande escala e compartilhamento de informações/", observa Doug Woods, presidente da Association for Manufacturing Technology. /"Isso, por sua vez, permitirá a análise detalhada de dados em grande escala e fornecerá percepções únicas, o que significa o aperfeiçoamento e atualização contínuos de processos comerciais, produtos e serviços, atendimento ao cliente e muito mais/".

DESENVOLVER INFRAESTRUTURA. Enquanto você pensa no que a IoT pode trazer para sua empresa, talvez seja preciso considerar posições e relacionamentos completamente novos. /"Para empresas que desejam vender e/ou estar neste espaço, ou mesmo aproveitar sua capacidade para expandir negócios, produtos e serviços existentes, você precisa pensar na contratação de engenheiros e desenvolvedores inteligentes, e na criação de relacionamentos com fabricantes que possam modificar seus produtos para trabalhar com a IoT/", afirma Ray.

Reserve algum tempo para considerar onde seu modelo de negócios, produtos e ofertas de serviço podem se encaixar no mundo conectado da IoT. /"Pense nos milhões de sensores, fechaduras de porta e equipamentos de aquecimento e resfriamento em um prédio; ou nos milhares de sensores em um parque que monitora vida selvagem, condições climáticas e de solo; ou sistema de robôs que funcionam em um depósito/", diz Shain. /"As aplicações para ciência e tecnologia serão incríveis – previsões do tempo mais precisas, melhor agricultura e fabricação ainda mais eficiente. Pense no seu cliente como um usuário médio, que espera ver residências mais inteligentes que cuidem melhor de você, cidades mais inteligentes, cuidados médicos mais inteligentes – eles podem acessar tudo isso por meio de seus smartphones. As oportunidade são quase infinitas, e quase toda pequena empresa pode se beneficiar/".

CONTROLAR A SEGURANÇA. Claramente, mais dados coletados online e o aumento da conectividade significam aumento das preocupações com cibersegurança e invasão, além das preocupações crescentes com privacidade. /"Não há dúvida de que este é um problema enorme/", acrescenta Ray. /"É a natureza do mundo em que vivemos e fazemos negócios. Você precisa abordar a IoT da maneira que aborda todos os sistemas de TI: usar as melhores práticas de segurança, trabalhar com fontes confiáveis, preparar-se para o pior e usar fornecedores de segurança que podem auditar seus registros de segurança e configurar esses sistemas corretamente desde o início. Certifique-se de atualizar os sistemas regularmente e usar gerenciamento de identidades e autenticação onde necessário. À medida que a IoT continua fazendo incursões, mais recursos de segurança serão desenvolvidos para proteger sua empresa, por isso você precisa ficar por dentro dessas tendências/".

/"Não há dúvida de que a segurança é um grande problema/", reitera Woods, /"Mas, para contextualizar, não é diferente de lidar com transações bancárias online ou informar os dados do seu cartão de crédito no site da Amazon. Você precisa ter em vigor os protocolos de segurança necessários e, se você não sabe como fazer isso, existem muitos consultores ciber-físicos e de cibersegurança disponíveis hoje em dia. Acima de tudo, você não pode optar em não estar conectado, ou corre o risco de ficar para trás/".

Colocar a IoT para trabalhar para sua empresa oferece uma gama de oportunidade, bem como maior necessidade de proteger o que você coloca em prática. Porém, é necessário pensar em como você pode aproveitar esses benefícios hoje, pois sua conectividade já está em vigor e cresce rapidamente.

Thumbnail

Primeiros usuários da IoT

As oportunidade de desenvolvimento de produto/serviço são abundantes, principalmente para pequenas empresas. A McCue oferece uma variedade de exemplos e de como ela está aproveitando a IoT como base do modelo de negócios:

  • Automatic Labs abriga um sensor que se conecta à porta de dados no seu carro, oferecendo informações sobre seus hábitos de condução, problemas no motor do carro e muito mais. /"Ele também permite que você faça login em um aplicativo usando seu smartphone que pode conectar você ao seu termostato Nest, Amazon Echorelógio Pebble e muito mais/", diz ele.
  • Bigbelly Trashcans avisam quando estão cheias.
  • Dassault Systemes criou o software de desenho em 3D Solidworks, que tem a capacidade de ajudar as empresas a desenhar objetos da IoT mais inteligentes. Na verdade, ela criou um infográfico interessante da IoT por conta própria
  • A  Halo Smart Labs fabrica detectores de fumaça inteligentes.
  •  A fabricante de capacetes de motocicleta Skully desenvolveu o AR-1, o primeiro capacete inteligente.
  • SureFlap criou uma porta inteligente para animais de estimação, que abre somente para os animais que correspondem aos sensores.
  • Xively, que pertence à LogMeIn, oferece às empresas as ferramentas necessárias para iniciar e comandar uma empresa de IoT.
  • Ring é uma campainha inteligente que permite que você veja quem está à sua porta, por smartphone, mesmo que você não esteja em casa.
Thumbnail
Thumbnail